Arquivos da Tag: narrativas

Sem tempo

Fotografia, política e narrativas..

Trabalhando na dissertação. Meu cérebro está falhando. Esqueci de entregar uns livros na biblioteca e vou ter que me virar com a multa. Gah!!!!

Update: hoje temos as prévias da apresentação do colega Gilberto no II Seminário Comunicação e Política na Sociedade do Espetáculo!!!

Tags , , , , , ,

Fotografia

Existe um consenso generalizado acerca do mito da fotografia ser uma espécie de ‘sinônimo’ da realidade. O rastro indicial gravado na foto possibilita, certamente, a objetiva constatação da existência do assunto: o ‘isto aconteceu’, uma vez que a ‘foto leva sempre seu referente consigo’, assinalou Barthes. (Kossoy, 2009b:p.134)

O que a fotografia reproduz ao infinito só ocorreu uma única vez: ela repete mecanicamente o que nunca mais vai poder se repetir existencialmente. Nela o acontecimento jamais se ultrapassa rumo a outra coisa: ela sempre remete o corpus de que preciso ao corpo que estou vendo; ela é o Particular absoluto,  a Contigência soberana, fosca e como boba, o Tal (tal foto e não a Foto), em suma, a Tuché, a Oportunidade, o Encontro, o Real em sua expressão infatigável. (Dubois, 2001: p.72)

Tags , , ,

Dissertação

O que mais empolga no mestrado é tu começares a tirar do papel a tua dissertação. A minha orientadora, professora Simonetta, ainda foi mais legal. Pediu dois capítulos do trabalho prontos pro dia 20 de agosto. Acho uma delícia pesquisar. Muitas vezes o texto não fica como o esperado, mas para isso temos orientadores!!! Eu estava dando muitas voltas, mas eis que consegui montar um esquema no quadro. Acho que agora, vai.

Tags , , , ,