Arquivos da Tag: Demóstenes

COMPOLÍTICA

Esse trabalho sobre o caso Demóstenes me rendeu bons frutos e eu devo apresentá-lo no COMPOLÍTICA, em Curitiba, agora em maio.
[gigya src=”http://prezi.com/bin/preziloader.swf” allowfullscreen=”true” allowscriptaccess=”always” width=”550″ height=”400″ bgcolor=”#ffffff” flashvars=”prezi_id=wuxhzub0xb1j&lock_to_path=0&color=ffffff&autoplay=no&autohide_ctrls=0″ ]

“A mídia cria e destrói deuses num ritmo vertiginoso”. (MININNI:2008, p. 65) Esse artigo foi construído nos meses iniciais do processo de investigação da Operação Monte Carlo, quando nem todos os áudios ainda estavam à disposição da imprensa. Os áudios do senador Demóstenes foram divulgados em parte. E, essa mesma imprensa que, diariamente, expôs o senador nas páginas dos jornais, fez o papel de inquisidora. Valendo-se de sua posição de “horizonte de compreensão total do mundo e de si mesmo (MININNI, 2008)  julgou Demóstenes Torres antes mesmo do Congresso ou do Supremo Tribunal Federal.

Não é mais o espetáculo. É o hiperespetáculo. “O espetáculo era a representação do imaginário moderno. Algo designado para ser superado. O hiperespetáculo é um imaginário sem representação. Imagem nua. Deliciosamente obscena”.  (GUTFRIEND;DA SILVA: 2007, p. 39)  Repetição de imagens fotográficas, outras imagens sem crédito, condenação antecipada de um lado e silêncio mortuário de outro.  “Estamos no transpolítico, isto é, no grau zero do político, que é também o de sua reprodução e de sua simulação indefinida.” (BAUDRILLARD: 2003, P.17)

Referências

BAUDRILLARD, Jean. Simulacros e Simulações.  Relógio d’ Água, 1991.

………………………………….. A transparência do mal: ensaio sobre os fenômenos extremos. 7.ed. Papirus Editora. Campinas, SP.

GUTFREIND, Cristiane Freitas,DA SILVA, Juremir Machado. Guy Debord: antes e depois do espetáculo. EdiPUCRS, Porto Alegre, 2007.

MINNINI, Giuseppe. Psicologia Cultural da Mídia. São Paulo, SP, A Girafa, 2008.

Tags , , , , , ,

Londrina

Meu artigo “O caso Demóstenes: a queda do senador vista pelas páginas da Folha de São Paulo e ‘não vista’ pela Revista Veja” foi aceito para ser apresentado no I Encontro Internacional de Estudos da Imagem (I ENIMAGEM) e IV Encontro Nacional de Estudos da Imagem (IV ENEIMAGEM) na Universidade Estadual de Londrina (UEL), em Londrina, no Paraná. O evento ocorre em maio.

Fiquei muito feliz, em primeiro lugar por ter certeza que o encontro será muito proveitoso pra mim e, em segundo lugar, por ser em Londrina. Terra linda demais!!!

Tags , , , ,

Interprogramas

No dia 23 de novembro, a Faculdade Cásper Líbero realiza a 8ª edição do Interprogramas de Mestrado em Comunicação. Promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), o evento tem com objetivo proporcionar espaço para a apresentação de trabalhos de mestrandos de todo Brasil, incentivar o exercício de produção e discussão acadêmicas, além de ampliar as possibilidades de diálogo entre discentes e docentes da Cásper Líbero com seus colegas de outros programas de Mestrado.

A minha Mesa será a 6, que acontece das 9h às 12h: O caso Demóstenes: a queda do senador vista pelas fotografias da Folha de S. Paulo e “não vista” pela Revista Veja. Deve acontecer por volta das 11h.

 

Tags , , , ,

Atualizar

Vou tentar manter esse blog atualizado,mesmo que não seja somente com artigos, já que estou no segundo semestre de mestrado e nem tenho tanta coisa assim pra falar.  Sou muito apaixonada por corrida e só estava dando atenção para o blog da maratona, mas vou me dedicar mais a esse. O que eu tenho pra falar depois de um semestre na Cásper??? Eu odeio a ABNT. Escrevi três artigos nesse semestre. Um, para um seminário do grupo de pesquisa Comunicação e Sociedade do Espetáculo, do professor Cláudio Coelho, outro para disciplina dele e um outro para disciplina da professora Simonetta Persichetti. Os três textos ficaram prontos em meados de maio.

Deixei para revisá-los depois que voltasse de Caçapava. Achei que seria rápido, mas por causa das exigências da ABNT fiquei cinco dias em cima de dois textos. Foi um inferno! Eu queria revisar melhor o conteúdo, acrescentar mais algumas coisas, mas não deu. A lição aprendida foi: antes de escrever um artigo, estude as normas. E, já escreva colocando tudo como a ABNT exige, senão, já era.

Um texto foi aprovado no Interprogramas, da Cásper. “O caso Demóstenes: a queda do Senador vista pela Folha de São Paulo e não vista pela revista Veja”. O outro vai pra um seminário sobre política: “O caso Indio da Costa: vida e morte na Sociedade do Espetáculo”. E, o terceiro não sei ainda. Aguardando resposta!

Tags , , , , , , , , ,