Arquivo mensal: março 2018

Apresentação no GP Comunicação, Cultura e Visualidades

Na última reunião do grupo Comunicação, Cultura e Visualidades, coordenado pela professora Simonetta, eu apresentei um pequeno resumo sobre as definições de imagem segundo os autores que mais estudamos. Obviamente para deixar tempo ao debate nem todos os autores foram contemplados e não na sua profundidade. Segue a apresentação.

Tags , , , ,

Pós-doc com a Simonetta: imagem de novo!

No ano passado eu tive o privilégio de trabalhar com o Rodrigo Lorenzoni, pré-candidato a deputado estadual no RS. Foi uma grata surpresa, depois de anos trabalhando com o pai dele, descobrir que o filho era tão talentoso para política quanto. Um dos anos de glória, como brincamos. Mas as nossas vidas seguiram para lados diferentes.

No final do ano vi o edital de pós-doc da Casper Líbero. Não conseguia acreditar que existia uma mínima possibilidade de voltar a estudar imagem. Quando digo que a Casper Líbero foi uma revolução na minha vida, muito se deve às aulas da Simonetta Persichetti, do professor Cláudio Coelho e do professor Luis Mauro Sá Martino.

Entendam: eu saí de Brasília, em 2012, porque eu queria estudar com a Simonetta. Isso foi muito forte. Lembro de estar na faculdade, em Pelotas, no RS, e meu professor mostrar o livro “Imagens da Fotografia brasileira”. Fiquei encantada. Mas aquilo era muito distante.

Quando finalmente fiz o mestrado orientada por ela (dez anos depois de formada),  foi a tal revolução na minha vida. E, hoje estou no pós-doc supervisionada “por essa tal Simonetta”. Depois de alguns anos de convivência ainda me impressiono com a rapidez de raciocínio  e com a forma de pensar a imagem que só Simonetta tem.  Acho um privilégio poder conviver com pessoas assim. Ainda mais para quem saiu de Caçapava (não que Caçapava não seja o melhor lugar do mundo). Mas jamais imaginaria que estaria convivendo com a autora daquele livro que eu amava durante a faculdade.

Livro da Simonetta

E, de brinde veio o super professor Cláudio Coelho que fez eu me apaixonar por Debord, e o professor Luis Mauro que me instigou a sair do meu lugar de comodidade. O pós-doc tem a duração de um ano e nós vamos estudar o polêmico Bolsonaro. Tenho certeza de que esse blog será atualizado algumas vezes com boas notícias. As primeiras são: fomos aprovadas no Midiaticom, em abril, e no Alaic, em julho.

E, aos desavisados: estudem na Casper. É uma experiência que vale a pena.

Tags , , , , , ,